Os asfaltos modificados são uma classe especial de ligantes que receberam em sua composição um ou mais compostos que alteram as suas propriedades reológicas. Esses modificadores podem ser minerais, compostos químicos, pó de borracha ou ainda polímeros elastoméricos, tais como o SBS, SBR, EVA etc. As modificações visam conferir a estes asfaltos propriedades melhoradas em relação ao asfalto convencional, tais como diminuição das deformações plásticas a alta temperatura, aumento da resistência ao envelhecimento, aumento da vida de fadiga, aumento da flexibilidade e elasticidade (quando elastômeros estão presentes), maior resistência a trincamentos por fadiga que redundam em redução de manutenção e aumento da durabilidade do pavimento.